almanaquistas contatos cadastro parceiros

AGENDA DE SHOWS

EM BREVE NOS CINEMAS

imagens e videos


DVD - Lançamento

CastleCastle

Por F. G. Montes
10/10/2012

Para quem não viu o final da quarta temporada de "Castle", pare de ler agora! Você foi avisado!


No final da quarta temporada de "Castle", Kate Beckett (Stana Katic) finalmente decide agir em prol de seus sentimentos e passa a noite com Castle (Nathan Fillion), para a felicidade e desespero (nessa ordem!) dos fãs do seriado. A razão para essa mistura de emoções envolve qualquer fã de seriado ou filme que quer muito que os personagens fiquem juntos, mas temem que essa ação tire a magia de amor platônico que antes existia e temperava a obra. Isso aconteceu com "Louis e Clarke", "Bones", "Dawsons Creek" e "X-Files" para mencionar apenas alguns (e não em ordem).


A tensão de saber o que aconteceu na manhã seguinte é respondida no primeiro episódio da quinta temporada. Kate e Castle decidem manter o relacionamento em segredo, o que prova não ser algo tão fácil assim quando se é um solteiro cobiçado e se trabalha com detetives.


Os dois primeiros episódios não são repletos de beijinhos ou trocas de elogios entre os dois, graças a Deus, mas mostram as incertezas do casal quanto a manter o relacionamento, situações cômicas - claro - e emocionantes, e o melhor: a química entre todos os personagens continua intacta.


O amor platônico entre os dois e como isso movia e impactava os personagens era uma das características fortes e apaixonantes de "Castle". O medo disso ter um efeito negativo no seriado continua, mesmo com dois episódios bem sucedidos nessa frente. Agora é aguardar e confiar nos roteiristas para não esculhambar o seriado. Porque quanto as atuações e a direção, não há o que temer.




Assassinos de Aluguel (Freelancers)Assassinos de Aluguel (Freelancers)

EUA, 2012 - 96 minutos - California Filmes

Direção: Jessy Terrero
Com: Robert De Niro, Forest Whitaker, Curtis "50 Cent" Jackson, Beau Garrett, Dana Delany

Policial. Filho de um policial assassinado, que decide se inscrever na polícia e seguir seus passos. O ex-parceiro de trabalho de seu pai, decide acolher o novato para que ele faça parte de sua equipe de tiras desonestos. Filme ficou inédito nos cinemas brasileiros. É um policial "B" com defeitos, mas uma certa honestidade artesanal, cenas interessantes, e que confirma três coisas: 1- Robert De Niro, hoje, é um ex-ator dramático relevante, diria quase indigente, gagá, em suas caretas (último desempenho dramático grandioso dele, foi feito em "Fogo Contra Fogo", de 1995), e quando faz comédia tem sempre a interpretação menos bacana do elenco. Em suma: decadente. 2 - Forest Whitaker, em anos recentes, se repete para burro em esquematismos de voz e gestos, mas parece longe, ainda, de atingir a inocuidade de um De Niro atual 3 -  O rapper 50 Cent, já com um número raoável de filmes, não é um bom ator, talvez nunca seja, mas compensa a falta de técnica com uma garra que o torna funcional.

Extra dos extras:
Sem extras. Edição está em tela cheia.




ID: A Identidade Anônima (ID:A)ID: A Identidade Anônima (ID:A)

Dinamarca, 2011 - 104 minutos - Paramount

Direção: Christian E. Christiansen
Com: Tuva Novotny, Flemming Enevold, Carsten Bjørnlund, Marie Louise Wille

Suspense. Mulher acorda em um rio. Ferida com gravidade e sem memória, ela passa a fugir de perseguidores misteriosos, enquanto tenta recuperar suas lembranças. Filme ficou inédito nos cinemas brasileiros. O director, de carreira já estabelecida na Dinamarca natal, já rodou nos EUA o fraco "Colega de Quarto", lançado no mesmo ano desta "Identidade Anônima", e neste momento finaliza "Ocult" com argumento promissor e elenco talentoso.

Extra dos extras:
Sem extras. Edição está em letterbox 16x9.





Especiais