almanaquistas contatos cadastro parceiros

AGENDA DE SHOWS

EM BREVE NOS CINEMAS

Ela Volta na Quinta


23/09/2014

por Filipe Pereira, em Braslia

A trilha sonora acompanha uma srie de retratos dos Novais Oliveira, uma famlia tratada em tela como o epicentro daquele universo, resgatando recordaes de um tempo inexistente h eras. A cmera de Andr Novais quase que um elemento natural da rotina do casal e parte da famlia.

O realizador prefere exibir usa histria por meio de takes longos, que revelam o cotidiano do cl at a eternidade. Para transparecer simplicidade e uma ode ao trivial, fazendo uso de piadas tipicamente lugar comum para angariar a ateno do pblico. O ritmo documental completamente ligado a memria afetiva e perspectivas de futuro, no tem cunho professoral ou didtico.

O registro feito em perodos to prolongados que a impresso deixada pelo cineasta de que este tem medo de desapertar o rec, ainda que nem todas as cenas peam tal artifcio, tornando ento difcil desassociar o carter do filme da sensao de efemeridade e estaticidade. A cmera parece s estar l parada, registrando a vida passar, de modo to interessante quanto seria o ofcio de gravar uma vela se decompondo e derretendo. O intuito do Andr Novais era mostrar o quo incmodo era o divrcio para um par de geraes pregressas a contemporaneidade.

Ela Volta na Quinta um drama mais comum do que a pretensa modernidade gosta de admitir. A lente captura a reticncia do antigo casal que mesmo sem ter uma convivncia vivida no cotidiano, ainda guarda uma estreita relao, ao menos aos olhos de terceiro - leia-se vizinhos e filhos. O que restou foi a lembrana de um passado louvvel a despeito at do presente inglrio. Nada de novo fecha o filme, reafirmando a esmagante rotina na vida dos personagens, tudo prossegue como sempre foi, emulando a vida.