almanaquistas contatos cadastro parceiros

AGENDA DE SHOWS

EM BREVE NOS CINEMAS

Conheça os curtas da Janela Internacional de Cinema do Recife


Festival bate recorde de inscrições e promete boas sessões para os cinéfilos.

17/09/2014

por Roberto Cunha

Programado para acontecer entre os dias 24 de outubro e 2 de novembro, começam a brotar novidades sobre a sétima edição do Janela Internacional de Cinema do Recife. Ao todo, 150 filmes (mostras competitivas de curtas, longas, sessões de clássicos do cinema e mostras não competitivas) estão previstos para a turma que adora a sétima arte.

Segundo os organizadores, mais de mil títulos participaram do processo seletivo, um marco histórico para o evento. Deste total, 42 curtas de 12 países foram selecionados, sendo 22 deles de sete estados brasileiros. De Pernambuco, quatro filmes chegam com vontade de ganhar, como História Natural, de Júlio Cavani (foto), recém-premiado no Festival de Gramado. Os outros três são Loja de Répteis, de Pedro Severien, João Heleno dos Brito, de Neco Tabosa, e Noites traiçoeiras, de João Lucas Melo Medeiros.

As obras nacionais e estrangeiras vão concorrer nas categorias Melhor Filme, Som, Montagem e Imagem, todas exibidas no Cinema São Luiz ou Cinema da Fundação. Para Emilie Lesclaux, fundadora do evento ao lado do cineasta Kleber Mendonça Filho, são muitas as razões para comemorar: "Estamos felizes com a seleção de curtas. Chegamos a um equilíbrio interessante de descobertas, somadas a filmes de autores que acompanhamos há vários anos e outros, que têm sido destaques em festivais importantes como Cannes, Locarno, Brasília e Festival de Curtas São Paulo".

A programação completa será divulgada no dia 14 de outubro, mas abaixo, você já pode conhecer os nomes dos curtas selecionados:


MOSTRA NACIONAL

A Era de Ouro - Leonardo Mouramateus (Ceará)
Dia Branco - Thiago Ricarte (São Paulo)
Estátua! - Gabriela Amaral Almeida (São Paulo)
Gigante - Rafael Spínola (Rio de Janeiro)
História Natural - Júlio Cavani (Pernambuco)
João Heleno dos Brito - Neco Tabosa (Pernambuco)
Kyoto - Deborah Viegas (São Paulo)
La Llamada - Gustavo Vinagre (São Paulo)
Loja de Répteis - Pedro Severien (Pernambuco)
Malha - Paulo Roberto (Paraíba)
Noites traiçoeiras - João Lucas Melo Medeiros (Pernambuco)
Nua por dentro do couro - Lucas Sá (Maranhão)
O Arquipélago - Gustavo Beck (Rio de Janeiro)
O Bom Comportamento - Eva Randolph (Rio de Janeiro)
Ocaso - Bruno Roger (Rio de Janeiro)
O Clube - Allan Ribeiro (Rio de Janeiro)
Quinze - Maurilio Martins (Minas Gerais)
Sandra Espera - Leonardo Amaral (Minas Gerais)
Si no se puede bailar, esta no es mi revolución - Lillah Halla (São Paulo / Cuba)
Tejo Mar - Bernard Lessa (Rio de Janeiro)
Vailamideus - Ticiana Augusto Lima (Ceará)
Verona - Marcelo Caetano (São Paulo)


MOSTRA INTERNACIONAL
A Caça Revoluções/ The Revolution Hunter - Margarida Rego (Portugal)
Abandoned Goods - Ed Lawrenson (Inglaterra)
An Der Tur / At the Door - Miriam Bliese (Alemanha)
Cambodia 2099 - Davy Chou (França)
En Août/ In August - Jenna Hassej (Suíça)
La Reina/ The Queen - Manuel Abramovich (Argentina)
Me Tube - Daniel Moshel (Áustria)
Nevermind - Jean-Marc E. Roy (Canadá)
Oh Lucy - Atsuko Hirayagi (Japão)
Person to Person - Dustin Guy (Estados Unidos)
Ponto Morto/ Idle Road - Pedro Peralta (Portugal)
Redemption - Miguel Gomes (Portugal)
Rio-me porque és da aldeia e vieste de burro ao baile - Stealing Orchestra &Rafael Dionísio (Portugal)
Tant quil nous reste des fusils à pompe/ As long as shotguns remain - Caroline Poggi e Jonathan Vinel (França)
The Chicken - Una Gunjak (Alemanha)
The Dark, Krystle - Michael Robinson (Estados Unidos)
Tornistan/ Backward Run (Turquia), de Ayce Kartal
Triangulo Dourado/The Golden Triangle - Miguel Clara Vasconcelos (Portugal)
Washingtonia - Konstantina Kotzamani(Grécia)
Wind - Robert Löbel (Alemanha)

Para mais informações clique e visite o site oficial da Janela Internacional de Cinema do Recife