almanaquistas contatos cadastro parceiros

AGENDA DE SHOWS

EM BREVE NOS CINEMAS

Samba Futebol Clube


Por Ricardo Schpke
24/05/2014

golllllllllllllllllll.....golllllllllllllllllllllllll!!!! Golao do diretor Gustavo Gasparani, que armou um super time e colocou em campo um grande projeto de teatro, que alia muita arte, samba e futebol! No constante encontrarmos no teatro brasileiro peas de teatro que desenvolvam o seu enredo partir de uma das maiores paixes esportivas da humanidade: o futebol. Apesar do esporte breto ter sido citado em algumas peas do maior dramaturgo brasileiro Nelson Rodrigues, como a Falecida, em suas inmeras crnicas de jornal, e no seu livro "A Ptria de Chuteiras"; os nossos palcos raramente apresentam enredos, bons ou ruins, sobre esportes. So de Nelson Rodrigues algumas das mais clebres frases, e citaes, sobre o futebol: "Em futebol, o pior cego o que s v a bola.", "Tricolores: vivos ou mortos, saiam de suas casas ou tumbas. Chegou a grande hora", "O Fla-Flu surgiu quarenta minutos antes do nada.", "A bola tem um instinto clarividente e infalvel que a faz encontrar e acompanhar o verdadeiro craque.", "O futebol no vive de iluminaes pessoais. Um time tem que ser, como tal, um conjunto harmnico e potente.", entre muitas outras.

O roteirista e diretor de Samba Futebol Clube, o "tcnico" do time Gustavo Gasparani, uniu uma tima pesquisa de textos feita por Joo Pimentel, e pesquisa de msicas feita por Alfredo Del Penho, e construiu uma rica dramaturgia sobre o futebol, o samba, os jogadores, as caractersticas mais marcantes de alguns dos principais times de futebol do pas, como o Flamengo, Fluminense, Botafogo, Vasco, Atltico Mineiro, Seleo Brasileira, e times de menor expresso - mas com um belo material para ser teatralizado - como o XV de Piracicaba. O roteiro timo, enxuto, leve, esclarecedor, comunicativo, e nada didtico. Entre outros, um belo exemplo de que textos literrios podem ser muito bem usados na encenao teatral - no poder us-los era um pensamento antigo e retrgrado, que ainda bem j foi banido de nosso cenrio teatral carioca. Ele indicado aos apaixonados pelo futebol, aos conhecedores do futebol, aos mais leigos, e at mesmo aqueles que no entendem, ou nada sabem de futebol. Difcil sair do espetculo e no se sentir fisgado pelo futebol, ou no mnimo pelo bom teatro apresentado. Uma das melhores histrias sobre o time do Botafogo -"Sofrer pelo Botafogo" texto atribudo a Nelson Rodrigues - , e as idiossincrasias do time e de sua torcida. Impagvel a abordagem deste mestre do teatro e do futebol - diga-se de passagem, que a mais pura verdade! H no espetculo, um espantoso equilbrio na abordagem dos textos sobre os times de futebol, onde podemos ver os supostos defeitos e as supostas qualidades de cada um deles. Todos os torcedores conseguiro sair satisfeitos deste grande jogo, e tambm se reconhecero em cada uma das linhas ditas e cantadas em todo o espetculo.

Com exceo apenas do teatrlogo Nelson Rodrigues, todos os outros textos so de autoria de grandes escritores, cronistas, poetas, ou jornalistas como o genial Carlos Drummond de Andrade, Jos Lins do Rego, Ferreira Gular, Armando Nogueira, Paulo Mendes Campos, Roberto Assaf e Clovis Martins.

Tudo no projeto est a servio da integrao do esporte com a arte, a poesia e a filosofia de vida dos times e dos torcedores. comear, pelas famosas batidas de Molire para anunciar o incio de um espetculo teatral. Na pea temos a presena de um juiz de futebol, que entra em cena, para dar os trs apitos para o incio do jogo teatral. Assim como o jogo de futebol, este "jogo" tambm dividido em dois tempos, e igualmente informado pela Suderj o seu intervalo. No primeiro tempo temos uma atmosfera mais leve, mais brejeira, mais voltada para a rixa entre os times, e suas instigantes histrias; no segundo tempo o tom fica um pouco mais denso, poltico e dada nfase seleo brasileira, seus grandes dolos como o Rei Pel, os sofrimentos dos jogadores, e o jogo das desigualdades dos "pobres" brasileiros, ou seja, dos principais torcedores dos times de futebol, a massa, o povo.

O que impressiona em Samba Futebol Clube a perfeita harmonia entre o tema esportivo, os textos, a cenografia, a cenografia digital e as canes - incluindo nisso o belo material humano dos atores/cantores/instrumentistas/ percussionistas. Sendo fundamental tambm a tima escolha das msicas, entre elas: Um a Zero de Pixinguinha/Benedito Lacerda/Nelson ngelo, Nega Manhosa de Herivelto Martins, Gol anulado de Joo Bosco/Aldir Blanc, E por falar no Rei Pel de Gonzaguinha, Aqui o pas do futebol de Milton Nascimento/Fernando Brant, entre outras; e as grandes e belas prolas: Touradas em Madri de Braguinha/Alberto Ribeiro, Samba Rubro Negro de Wilson Batista/Jorge de Castro, Na Cadncia do Samba (Que Bonito ) de Luis Bandeira, Povo Feliz (Voa Canarinho) de Memeco/Non, Pra frente Brasil de Miguel Gustavo e a fantstica Fio Maravilha de Jorge Benjor - que nos arrebata em um final absolutamente apotetico da pea.

O grande mrito da concepo do projeto justamente a excelncia do time de profissionais que foram convocados. Uma verdadeira seleo brasileira - "que deve ter vrios jogadores do Flamengo no time" (licena potica de um torcedor apaixonado pelo mengo) -, e pelo clima despojado criado pelo timo jogo teatral...rs...!!!. Uma escalao de altssimo nvel. Na comisso tcnica temos a excelente e dinmica direo musical de Nando Duarte, a preparao vocal e os excelente arranjos vocais de Maurcio Detoni, e a belssima direo de movimento e coreografias do mestre Renato Vieira, o funcional figurino de Marcelo Olinto, o bom visagismo de Beto Carramanhos, a criativa cenografia - que nos remete a um estdio/arquibancada/programa de esportes - de Marcelo Lipiani, a tima interatividade da cenografia digital de Thiago Stauffer - Studio Prime, - e a iluminao multicolorida de Paulo Cesar Medeiros.

Entretanto, na linha de campo que temos as grandes estrelas do time, e as belas "contrataes feitas pela olheira" Cibele Santa Cruz: timos atores que cantam, se expressam muito bem com o corpo, e tocam diversos instrumentos com muita desenvoltura. impressionante a leveza, a preciso, o carisma, o timing, e o conjunto que alcanam os atores Alan Rocha, Cristiano Gualda, Daniel Carneiro, Gabriel Manita, Jonas Hammar, Luiz Nicolau, Pedro Lima e Rodrigo Lima. um verdadeiro time jogando unido, com generosidade, passando muito bem a bola, um para o outro, e onde todos so fundamentais para o sucesso do jogo! Timao!

O Teatro conseguiu encontrar a medida perfeita entre o entretenimento, a arte, o futebol, o samba, a cadncia, a leveza, a paixo e a grande harmonia cnica. Assistir Samba Futebol Clube como ir assistir a um grande jogo no templo do futebol, mas s que no templo da cultura: o CCBB. Quem ama o teatro, o samba e o futebol no pode perder jamais este genial encontro! Uma prola que certamente vai entrar para a antologia! "Quem no gosta de Samba Futebol Clube, bom sujeito no , ou ruim da cabea ou doente do p". campeo!!! campeo!!!

SERVIO: "SAMBA FUTEBOL CLUBE"
Onde: Teatro II do Centro Cultural Banco do Brasil (Rua Primeiro de Maro, 66 - Centro/ RJ - Tel: 3808-2020).
Quando: quinta a segunda s 19h30m. (At 14 de julho).
Quanto: R$ 10,00; e R$ 5,00 (meia).