almanaquistas contatos cadastro parceiros

AGENDA DE SHOWS

EM BREVE NOS CINEMAS

Estranhos normais


Por Alan Barcelos
30/06/2011

Estranhos Normais (Happy Family, 2010) um filme que faz justia ao seu ttulo brasileiro, pois bem estranho, embora de uma maneira agradvel. A histria dirigida por Gabriele Salvatores acompanha a saga de um escritor em busca de bons personagens e tambm dos personagens deste escritor, que esto desesperadamente em busca de um autor. O longa entrelaa continuamente realidade e fico de uma forma em que o protagonista explora todas as possibilidades de sua histria mantendo estreito contato com ela, como se ele prprio a estivesse vivenciando. E no seria esta a sensao que cada escritor tem enquanto produz uma obra sua?! O filme uma adaptao moderna da uma pea italiana de sucesso: Seis Personagens Procura de um Autor, de Luigi Pirandello, e uma grande homenagem ao mundo do cinema e do teatro.

O incio focado em Filippo (Gianmaria Biancuzzi) e Marta (Alice Groci), dois adolescentes que subitamente decidiram se casar. A famlia de cada um deles est apreensiva e cada membro tem sua prpria opinio sobre o casrio, embora muitas vezes estejam mais preocupados com a prpria vida do que com os arroubos incompreensveis de dois jovens. A me de Marta (Carla Signoris) reage histericamente e no gosta do menino, enquanto o pai dela (Diego Abatantuono) est sempre inerte, mais interessado na erva para fazer sua maconha. Filippo tenta convencer a me Anna (Margherita Buy), embora tenha o apoio do pai Vincenzo (Fabrizio Bentivoglio), que sofre escondido com uma doena terminal. Ambas as famlias renem-se para um jantar no qual ser oficializado o pedido, porm, com a interao entre as famlias, o foco da histria muda e os personagens principais do filme, at ento incertos, so plenamente apresentados e desenvolvidos. O roteiro, de fato, acompanha o que seria um processo criativo. Ezio (Fabio De Luigi), o escritor, torna-se narrador e protagonista de sua prpria histria. Com a reviravolta, outra personagem tambm ganha destaque: a irm mais velha de Filippo, Caterina (Valeria Bilello).

A fotografia, os cenrios e os figurinos so pontos fortes do filme; sequncias inteiras so trabalhadas com tons brilhantes de vermelho, amarelo, verde etc., fortalecendo ainda mais o surreal da histria, enquanto as cenas focadas na realidade so muitas vezes apresentadas em preto e branco. Os fatos desenrolam-se numa Milo representada de forma belssima e fotognica, quase como se fosse uma das personagens do filme. Ezio engloba os lugares fsicos e imaginrios na busca por sua histria e oscila entre realidade e fico to naturalmente que demora at percebermos quem so as pessoas reais e quem so as fictcias. Estranhos Normais uma overdose gratificante de metalinguagem - a arte imitando a arte. A narrativa sobre uma narrativa conduz o espectador pelas inventividades do que parece ser um alter-ego da prpria Salvatores, que dirige o longa inclusive lanando mo de tcnicas teatrais, demonstrando uma capacidade impressionante para fazer o pblico rir ao mesmo tempo em que se angustiam com um n constante em suas gargantas. Salvatores derruba a quarta parede sem medo e torna os personagens mais prximos do pblico ao fazer com que eles destilem seus anseios para a plateia. Na metade do filme, provavelmente, voc j estar cativado e pensando que aquela histria poderia ter acontecido com voc. A comdia e o drama, os momentos felizes e tristes, se revezam sutilmente assim como acontece na vida. Estranhos Normais , antes de tudo, um retrato sobre a vida, sobre como no devemos ter medo de viver.

Todavia, a sua maneira, Estranhos Normais tambm uma produo para os apaixonados em cinema, cheio de referncias a filmes clssicos como: Desconstruindo Harry (1997, de Woody Allen), Os Excntricos Tenenbaums (2001, de Wes Anderson), Os Suspeitos (1995, de Bryan Singer... ele mesmo) e at mesmo A Primeira Noite de Um Homem (1967, de Mike Nichols). Alm disso, existe um elemento de psicanlise na trama, quase como uma expresso da capacidade das pessoas de encontrar a felicidade. O discurso explora bastante a ideia de que o maior empecilho para a realizao pessoal o medo: medo da mudana, medo do novo e do j conhecido, medo de se envolver, medo de cometer erros e, acima de tudo, medo de ser feliz. O prprio Ezio inicia a narrativa explicando o medo, falando diretamente ao pblico sobre como a vida para muitos uma vida idealizada de cinema. O medo destrinchado e exorcizado medida que os fatos se desenrolam, deixando uma calmaria que capaz de suplantar at mesmo contra o medo da morte.

O elenco completa o espetculo. Fabio De Luigi est bastante convincente como o escritor em crise, mas que, ao mesmo tempo, um cara sagaz e criativo. Sua narrao nos deixa eternamente em dvida se a histria que ele est contando foi baseada em fatos reais que aconteceram com ele ou simplesmente invenes de sua cabea. Ele tambm demonstra uma qumica satisfatria com a bela Valeria Bilello. Porm, o destaque fica para Fabrizio Bentivoglio e Diego Abatantuono. Bentivoglio decididamente rouba cada cena em que aparece e possui uma expresso de corpo e de olhar arrebatadora; voc vai sofrer com ele em sua luta contra o cncer e vai ficar feliz com ele ao ver seu amor pela vida e por sua famlia. Abatantuono, como o outro pai da histria, o contraponto, que diverte em cada apario. Quando estes dois homens se juntam em cena, o resultado gratificante. O melhor momento do filme quando estes dois pais juntos partilham as responsabilidades aps a reunio entre as famlias e criam um forte lao de amizade que nos convence de que eles se conhecem h anos, embora nunca tenham se encontrado at a deciso de casamento de seus filhos. A interao entre os dois atores fantstica e comovente. O nome escolhido aqui no Brasil no poderia ser mais acertado, pois isto que aquelas famlias so: pessoas estranhas nos pensamentos e atitudes e estranhas umas para as outras, mas que so to normais quanto voc e eu. No fim, Estranhos Normais um bom filme por isto... por causa da viso normal desta nossa vida estranha.