almanaquistas contatos cadastro parceiros

AGENDA DE SHOWS

EM BREVE NOS CINEMAS

Tron - O Legado


Por Raphaela Ximenes
16/12/2010

Quando em 1982 o diretor Steven Lisberger realizou "Tron", o mundo dos computadores, hackers, videogames e tudo mais relacionado computao era um mistrio para boa parte do mundo, que comeava a engatinhar na era da informtica. Tudo parecia parte de um futuro distante. Por isso mesmo, o filme "Tron" encantou o mundo por sua alta qualidade tecnolgica combinada com uma histria envolvente, ganhando cultuadores por toda parte. O mundo progrediu, a tecnologia atualmente faz parte do dia-a-dia de todos, comeando pelos computadores pessoais, notebooks, iPods, mp3 players e parando nos celulares que atualmente acessam internet, tiram fotos, fazem videoconferncia e at sintonizam canais de TV. O futuro hoje e por isso mesmo incrvel como aquele filme realizado h 28 anos, com uma tecnologia muito inferior a de hoje consiga se manter atual em todos os sentidos, tanto sua trama como seus efeitos. No h quem at hoje no se encante com a aventura de Flynn ao mundo dos Programas.


Logo, quando foi anunciado, l em 2005, que uma continuao seria feita, muito foi especulado e por fim os Estdios Disney (o mesmo responsvel pela primeira aventura) ao lado de Lisberger, dessa vez produtor, empenharam-se e nasceu Tron, O Legado (Tron, Legacy, EUA, 2010). Dirigido pelo estreante Joseph Kosinski, essa continuao precisava estar a altura da primeira em inovao e criatividade. Do pequeno trailer (ou teaser) apresentado na Comic Con de 2008 at a estria essa semana, tudo o que foi falado e mostrado indicava que essa segunda parte seria um presente para os fs da saga de Flynn.

Sim, Tron, O Legado um presente para os fs de "Tron", no apenas em relao ao cuidado esttico, como tambm pela continuidade da trama sem furos. Com certeza a tecnologia usada bem mais complexa que usada em 1982, mas a esttica permanece a mesma, como se os personagens que vivem no mundo dos Programas evolussem sem perder a essncia dos anos 80. A escurido ilumidada por luzes vermelhas alaranjadas ou por um azul bem plido, d mais veracidade ao novo mundo. Tudo embalado por uma trilha sonora criada pela dupla Daft Punk, que d o tom certo para o filme. Em Tron, O Legado, Kevin Flynn (um Jeff Bridges remoado por computador) est de volta ao mundo real, em 1989, casado e com um filho nico Sam Flynn (Garrett Hedlund). Flynn pai sai para trabalhar e no retorna. At chegar em 2010, quando Sam sabota o lanamento de um programa super inovador da ENCOM, que agora pertence a seu pai e a Alan Bradley (Bruce Boxleitner), melhor amigo de Flynn. Depois de conseguir fugir da policia, Sam encontra com Alan que o diz ter recebido um recado de seu pai, o que leva Sam at o antigo Flynn`s Arcade, onde est guardado por anos vrios antigos videogames, entre eles Tron. L Sam acaba encontrando um portal para o mundo dos Programas e descobre que foi ali que pai permeceu por 20 anos, tentando salvar esse mundo criado por ele da tirania de Clu, um programa criado por ele. Ao lado de Kevin est Quorra (Olivia Wilde), uma guerreira digital. Sam deve ajudar seu pai e Quorra destruir Clu, salvar o mundo dos Programas e tentar voltar para o mundo real.

Realizado em 3D, Tron, O Legado consegue utilizar essa tecnologia, que ultimamente vem sido usada de forma banal, como um grande auxlio. O mundo real em 2D, mas o dentro do mundo criado por Flynn tudo em 3D, sombrio, iluminado apenas por acessrios, dando mais profundidade ao filme e tornando o recurso do 3D essencial. Com certeza quem optar em assistir ao filme apenas em 2D no ter a mesma experincia. Tron, O Legado no apenas um presente para os fs da saga. uma experincia visual nica para os amantes da fico cientfica e do cinema em geral.