almanaquistas contatos cadastro parceiros

AGENDA DE SHOWS

EM BREVE NOS CINEMAS

José Padilha lamenta a falta de crítica e compromisso com a verdade


Por Tony Tramell
19/10/2010

O cineasta José Padilha, diretor de Tropa de Elite 2, negou em nota nesta terça-feira, que tenha assinado manifesto político em apoio a candidatura de Dilma Rousseff. Em evento da candidata com artistas e intelectuais realizado no Teatro Oi Casagrande, no Rio de Janeiro, na segunda, seu nome foi lido como um dos que declararam seu apoio à candidata petista. No manifesto, Padilha tem seu nome figurando entre os cem primeiros intelectuais e artistas listados.

 

O cineasta lamentou a falta de crítica e compromisso com a verdade no site oficial do filme.

 

Abaixo segue a nota do cineasta na íntegra:

"Parafraseando o filósofo americano Henry David Thoreau, gostaria de esclarecer que eu não pertenço a nenhum partido, grupo polí­tico, agremiação, sindicato ou lista de apoio a candidatos, na qual eu não tenha me inscrito voluntariamente; e que ao contrário do que certos sites e tweets têm afirmado, e do que consta em lista de apoio enviada por um grupo que apóia a candidata do PT para os grandes jornais brasileiros, eu não aderi a candidato algum nesta eleição pelos motivos explí­citos em Tropa de Elite 2. É uma pena que a falta de crítica e de compromisso com a verdade esteja sendo a principal marca dos dois lados desta campanha presidencial. Um desrespeito ao eleitor brasileiro.

José Padilha, diretor de Tropa de Elite 2"